Seminário online coloca em pauta atuação das TVs legislativas 

Seminário online coloca em pauta atuação das TVs legislativas 

O seminário é uma realização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, por meio da TV Câmara Distrital e da Escola do Legislativo da CLDF (Elegis), em parceria com a Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública)

A primeira edição do seminário “TVs Legislativas: Desafios e Oportunidades” acontece nesta quinta-feira (26), a partir das 19h30, na modalidade online, com transmissão pelo canal do YouTube da TV Câmara Distrital. Na programação, duas palestras e um painel sobre a atuação das emissoras legislativas.

A palestra de abertura será sobre programação, conteúdo e transmissões parlamentares e será feita pela jornalista Ginny Morais, coordenadora de Transmissões da Diretoria Executiva de Comunicação e Mídias Digitais da Câmara dos Deputados. Na sequência, o diretor da TV Senado, Érico Silveira, vai abordar a importância das redes sociais para os canais legislativos.

Por fim, será apresentado o painel “Desafios e Crescimento das TVs Legislativas no País”, o qual terá como debatedores a jornalista Luciana Rivelli, presidenta da Associação de TVs e Rádios Legislativas (Astral), e o professor Paulo Victor Melo, que pesquisa o assunto na Universidade da Beira Interior, em Portugal.

O seminário é uma realização da Câmara Legislativa do Distrito Federal, por meio da TV Câmara Distrital e da Escola do Legislativo da CLDF (Elegis), em parceria com a Associação Brasileira de Comunicação Pública (ABCPública). Serão oferecidos certificados de participação aos inscritos que acompanharem o debate (acesse o formulário).

TV Câmara Distrital

No ar desde outubro de 2021, a TV da CLDF pode ser sintonizada em canal aberto para o Distrito Federal (canal 9.3) e no canal 11 da Net/Claro. Além disso, a programação da emissora está disponível no YouTube. 

O objetivo do veículo é contribuir para a transparência do parlamento local, para o exercício da cidadania dos moradores do DF e para qualidade da informação pública disponível à sociedade.

Denise Caputo – Agência CLDF

Da Redacao

Da Redacao