Empossados 98 servidores da Procuradoria-Geral do DF

Empossados 98 servidores da Procuradoria-Geral do DF

PGDF supre carência de funcionários aposentados com chamamento e prepara concurso para 65 procuradores

Noventa e oito aprovados no concurso da carreira de Apoio às Atividades Jurídicas da Procuradoria-Geral do DF (PGDF) foram empossados nesta segunda-feira (25). A cerimônia ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Buriti, com presença do governador Ibaneis Rocha.

Durante a posse, o governador afirmou: “A PGDF estará mais forte com a presença dos técnicos e analistas” | Foto: Paulo H Carvalho/Agência Brasília

“Essa é uma vitória de cada servidor e também das famílias, que participam dessa labuta que é se tornar servidor público”, declarou o governador. “A PGDF estará mais forte com a presença dos técnicos e analistas, e esperamos concluir em breve o concurso para 65 procuradores.”

Os atos de nomeação para a carreira de Apoio às Atividades Jurídicas foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal no dia 5 deste mês. O processo contempla a indicação de 56 novos analistas, que atuarão nas áreas de administração, análise de sistemas, arquivologia, biblioteconomia, contabilidade, jornalismo, psicologia e direito e legislação. Entre os técnicos, 42 novos servidores vão trabalhar nas especialidades de apoio administrativo, eletricidade e comunicação e em tecnologia e informação.

“Estamos há dez anos sem novos servidores, pois muitos se aposentaram, e os que estão chegando vão agregar muito para que a entrega do trabalho seja mais célere, dinâmica e eficiente”, avaliou a procuradora-geral do DF, Ludmila Galvão, para quem a posse dos novos servidores vai acelerar os trabalhos da PGDF.

Essa expectativa é compartilhada pelos dois primeiros aprovados para o cargo de técnico jurídico Andressa Cristina Santos de Deus e  Vitor de Moraes Nascimento Leite. “Foi muita luta, esforço e estudo para estar aqui nesse momento; agora é o momento de dever cumprido para dar o meu melhor no serviço público e trabalhar para a sociedade”, disse Andressa Cristina. “Que a gente consiga se preparar para outros momentos, para um crescimento na carreira. Estar aqui hoje é um sentimento de reconhecimento pelo que passamos e conseguimos conquistar”, complementou Vitor de Moraes.

Em 2020, devido à pandemia de covid-19, o concurso foi interrompido, tendo sido retomado no ano seguinte após a melhoria dos índices de transmissão da doença. O chamamento é importante, porque o concurso anterior foi realizado em 2010. O atual, iniciado em dezembro de 2019, vem para suprir a crescente carência de servidores que prestam o apoio técnico aos procuradores na PGDF.

Empossados 98 servidores da Procuradoria-Geral do DF
Da Redacao

Da Redacao