DF registra redução de mortes no trânsito em janeiro

DF registra redução de mortes no trânsito em janeiro

No primeiro mês de 2022, o Detran registrou 13 óbitos. Este é o segundo menor registro relativo ao período desde 2000

No primeiro mês de 2022 foram registradas 13 mortes no trânsito do DF, segundo levantamento do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Este é o segundo menor registro de óbitos relativo ao mês de janeiro desde 2000, ficando atrás apenas de 2019, quando foram contabilizadas 12 mortes.

Segundo a Gerência de Estatísticas do Detran-DF (Gerest), os dados de 2022 são preliminares, mas indicam uma redução de 19% no número de óbitos em comparação com o mesmo período do ano passado, quando 16 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito. Ainda de acordo com a Gerest, entre 2 e 13 de janeiro não houve registro de acidentes fatais no DF.

Os acidentes fatais registrados em janeiro deste ano se referem a cinco condutores, três motociclistas, três pedestres, um passageiro e um ciclista. A maioria das vítimas tinha entre 30 e 49 anos (sete) e era do sexo masculino (10).

O levantamento do Detran-DF aponta que a maior parte dessas ocorrências foi de colisão (sete), seguida de atropelamento de pedestre (três). O sábado e o domingo foram os dias em que houve mais ocorrências de mortes, totalizando sete óbitos.

*Com informações do Detran-DF

Da Redacao

Da Redacao