Globo faz pix errado para homem no valor de R$ 318 mil e caso vai parar na Justiça

Globo faz pix errado para homem no valor de R$ 318 mil e caso vai parar na Justiça

Por Josiel Ferreira

Quem nunca errou na hora de fazer uma transferência bancária? Ao fazer um pix (meio de pagamento eletrônico instantâneo), a Globo cometeu um erro nos dados e depositou o valor de R$ 318 mil na conta de um homem chamado Marcos Antônio Rodrigues dos Santos. Após notar que o dinheiro estava em sua conta, ele comprou um imóvel e a emissora precisou entrar na Justiça para tentar reaver o valor.

A situação aconteceu no final de 2021, em 27 de dezembro.

Segundo informações do site Notícias da TV, ao ver todo o valor em sua conta, o homem imaginou que havia recebido alguma promoção e acabou dando entrada em sua casa própria. Poucos dias depois, a Globo entrou em contato com ele para solicitar a devolução do dinheiro, mas, como já havia investido o valor, Marcos informou que essa opção não era possível, com isso, a emissora global resolveu entrar na Justiça para reverter o caso.

Na ação da qual o veículo teve acesso, o juiz Luís Felipe Negrão, que cuida do caso, diz: “O presente requerimento apresenta insuperáveis equívocos”, acrescentando que não poderia julgar o processo porque a emissora determinou um valor muito menor para a causa.

“Ora, se há um alegado indébito de R$ 318.600,40, o valor da causa não pode ser R$ 1.000. Assim sendo, sem prejuízo de eventual aditamento subsequente, remete o autor sua petição inicial de tutela antecedente, no prazo de 10 dias, adequando-a aos requisitos expostos na presente decisão”, complete o juiz.

Até o fechamento desta nota, a TV Globo ainda não se pronunciou publicamente sobre o caso.

Da Redacao

Da Redacao