Em mais uma roda de nossa enquete “Quem deve ser o senador (a) em 2022 no DF?”, que tem inicio hoje e termino dia 22/10 , com a aproximação das eleições as articulações estão a todo vapor. Em um cenário cada vez mais disputado e o número de possíveis candidatos aumentando a cada dia, nosso blog esta apresentando neste nova consulta pública com alguns novos nomes.

Em 2022 os brasilienses vã as urnas para escolher apenas um candidato para o Senador, e o leito permanecerá por 8 anos formando a bancada do Distrito Federal com os atuais senadores Leila Barros (VOLEI) e Izalci Lucas.

Adriana Mangabeira Wanderley é Advogada tributarista, agropecuarista, triatleta, cristã, patriota e conservadora. É alagoana, e reside em Brasília há cinco anos. Seu tios-avós Otávio e João Mangabeira foram juristas e políticas na Bahia.
Adriana Mangabeira tem escritório de advocacia em Brasília e São Paulo e Alagoas.

____________________________________________________________________________________________________________________________

Flávia Arruda, Natural de Brasília, nasceu no dia 21 de janeiro de 1980. Formada em Educação Física na Universidade Católica de Brasília, trabalhou durante um período na área pública, e, recentemente retomou o curso de Direito. Casada com José Roberto Arruda, é mãe de Maria Luisa e Maria Clara.

Sempre atuou na área social, por influência dos seus pais. Durante todo o período de governo Arruda, como primeira-dama, Flávia desenvolveu e incentivou projetos sociais com o objetivo transformar vidas para melhor. Na época, idealizou e criou o projeto Mãezinha Brasiliense, onde mulheres grávidas receberam um kit enxoval, atendimento humanizado e prioritário na rede pública de saúde do Distrito Federal.

Flávia também desenvolveu o projeto Bolsa Universitária, que ajudou milhares de jovens a realizar o sonho de ingressar na universidade, e, ainda, o Vilas Olímpicas, que deu início e incentivou a criação da Educação Integral no Distrito Federal.

Em sua primeira eleição em 2018 foi a mais bem votada e atualmente é ministra da Secretaria de Governo de Bolsonaro

____________________________________________________________________________________________________________________________

Ver a imagem de origem

Paulo Roque foi candidato ao cargo de Senador do Distrito Federal pelo NOVO (Partido Novo) obtendo 202 834 votos é Natural de MG – Cajuri, casado e advogado

___________________________________________________________________________________________________

Julio Cesar Ribeiro ( São Bernardo do Campo, 24 de fevereiro de 1975) é um advogado, pastor e político brasileiro. É deputado federal pelo Distrito Federal desde fevereiro de 2019. Anteriormente, integrou a Câmara Legislativa do Distrito Federal de 2015 a 2019, durante sua sétima legislatura.

___________________________________________________________________________________________________

Hamilton Mourão – GCRB • GCMM • GCMD (Porto Alegre, 15 de agosto de 1953) é um general da reserva do Exército Brasileiro e o atual vice-presidente do Brasil, desde 2019.

Em 28 de fevereiro de 2018, após longa atuação na carreira militar — marcada por diversos comandos exercidos e algumas opiniões polêmicas — passou para a reserva remunerada. Em 5 de agosto, foi anunciado como candidato a vice-presidente da República, na chapa encabeçada pelo deputado Jair Bolsonaro, sendo eleito ao cargo, em 28 de outubro daquele ano.

___________________________________________________________________________________________________

Erika Kokay – Presidiu o Sindicato dos Bancários de Brasília entre 1992 e 1998 e a Central Única dos Trabalhadores-DF de 2000 a 2002.

Filiada ao PT desde 1989, disputaria sua primeira eleição em 1998 para deputada distrital porém lograria êxito apenas no pleito de 2002, elegendo-se como a 11ª mais votada. Em 2006, reelegeu-se ao mesmo cargo.

Na Câmara Legislativa do Distrito Federal presidiu as Comissões de Direitos Humanos, e a de Defesa dos Direitos do Consumidor. Foi por duas vezes, 2005 e 2009, líder da bancada do PT.

Elegeu-se Deputada Federal, em 2010, com a quinta maior votação (são 8 vagas disponíveis), quando obteve 72.651 votos. Em 2014, foi reeleita para seu segundo mandato.[1] Em 2018, foi reeleita para o terceiro mandato, sendo a segunda candidata mais votada no Distrito Federal.

___________________________________________________________________________________________________

Paula Belmonte – Decidi trabalhar em defesa da infância e entendi que essa era a minha missão. No início, pretendia criar um instituto para auxiliar crianças em situação de vulnerabilidade. Mas ao conhecer melhor a realidade de nossos meninos e meninas, no Distrito Federal, senti que poderia ir além. Porque há múltiplas necessidades urgentes a serem atendidas.

Conheci todas as cidades do DF e o que vi é de se indignar. As nossas crianças enfrentam muito mais que a pobreza. Falta perspectiva, capacidade de sonhar e simplesmente ser crianças. Porque desde muito cedo elas estão expostas às mais diversas formas de violência – física e psicológica, e abusos.

As carências vão das creches para a primeira infância às dificuldades de acesso ao primeiro emprego dos nossos jovens. Tem muito trabalho a ser feito e desde que conheci de perto essa realidade, percebi que não poderia mais fechar os olhos.

Entrei para a política em 2018 com esse espírito: atuar de forma ampla, com políticas públicas que possam transformar profundamente a nossa realidade. Se eu pudesse me definir em poucas palavras, diria que sou uma cidadã brasiliense em busca de um mundo melhor para as crianças.