O Vereador Nélson Meireles, em seu pronunciamento na tarde  de hoje na Câmara Municipal de Luziânia, denunciou supostos contratos irregulares com empresa que foi alvo de uma ação de improbidade administrativa no Município de Luziânia em 2013, na Operação denominada “Curto Circuito”. A empresa que esta envolvida em desvio de finalidade e foi contrata em junho de 2021 tendo recebido o valor integral do contrato antes de executar os serviços no valor de R$ 927.487,50.

Outro contrato suspeito foi firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, com a empresa LED Indústria e Comercio, no valor de R$ 3 milhões de reais, o vereador classificou como um valor absurdo sendo que alguns contratos foram pagos a vista de forma adiantada. “Desta forma solicito a presença do Senhor Secretario para que de explicações sobre estes contratos que beiram aproximadamente R$ 4 milhões de reais” disse Meireles.