A indicação de Gislei Morais de Oliveira para ocupar o cargo de diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF) foi aprovada pelo plenário da Câmara Legislativa na tarde de hoje. O indicado pelo governador Ibaneis Rocha assume o cargo no lugar de Gilberto Occhi, que pediu exoneração no último dia 30.

No cargo de superintendente do Instituto de Cardiologia do DF até a última sexta-feira (17), Gislei Oliveira, mais conhecido como general Gislei, atuou como superintendente administrativo, diretor administrativo e diretor de Planejamento do Iges, entre abril de 2019 a outubro de 2020, além da carreira no Exército, onde ingressou em 1973.

Iges-DF é responsável pela gestão dos hospitais de Base e de Santa Maria e pelas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) de Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho. 

A indicação recebeu os votos contrários dos deputado Leandro Grass e Fábio Felix do qual declararam a dificuldade em aprovar mais um gestor devido as diversas denúncias de irregularidades do Instituto de Gestão (IGES)