Pré-candidato realizará encontro com nomes de peso na política nacional, para discutir o futuro do DF. O evento será na próxima sexta (17)

O PSB anunciou o pré-candidato do partido ao Palácio do Buriti em 2022. Trata-se de Rafael Parente, ex-secretário de educação do DF, na gestão Ibaneis Rocha. O professor, que possui ampla experiência em gestão pública, deve adotar uma postura de diálogo com diferentes correntes políticas, a fim de tirar i foco da polarização existente na capital do país.

Na próxima sexta-feira (17), o postulante ao palácio do Buriti realizará um primeiro encontro, de um ciclo denominado “Nosso DF”, com a presença de políticos de prestígio, vindos de vários estados. Entre as presenças confirmadas, estão os ex-governadores Cristovam Buarque (DF), Rodrigo Rollemberg (DF), Paulo Hartung (ES) e Antônio Britto (RS); os ex-ministros Pedro Parente, Claudia Costin, Ricardo Henriques, Raul Jungman, e Hussein Kalout; e outras autoridades, como a senadora suplente e ex-secretária de Desenvolvimento Econômico do DF, Leany Lemos. Educação, saúde, emprego, pandemia e vacinação são alguns dos temas do evento.

O professor Rafael Parente, conta que convidou para o debate nomes com experiência e histórico de realizações importantes na gestão pública. “Existe uma pluralidade de ideias intencional neste encontro, pois sabemos que a diversidade, inclusive de diferentes visões de país e de mundo, é importante para a criatividade, a inovação, e o amadurecimento de boas ideias. Há políticas excepcionais, embasadas nas ciências, que geraram resultados em diferentes governos. Precisamos criar pontes e priorizar o que realmente importa, que é a solução de nossos problemas complexos e a geração de riqueza e prosperidade para todos”, avalia.

Ainda de acordo com o pré-candidato, o encontro tem por objetivo dar o pontapé inicial na construção da base de um programa de governo. “Nossa missão será colocar a política e o governo do DF em um outro patamar. Vamos iniciar um mergulho profundo nos principais desafios de cada pasta do governo, de cada região administrativa e planejar ações e políticas públicas inovadoras e concretas para resolver os problemas que as pessoas enfrentam no seu cotidiano”, afirma.

Em virtude da pandemia de covid-19, o evento será restrito a um pequeno público. Contudo, todo o conteúdo será gravado e disponibilizado nas redes sociais.