Ibaneis e Paulo Octavio na inauguração da primeira agência do BRB com novo modelo de atendimento.

Por Sandro Gianelli

O vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto (Avante), em entrevista à sala de imprensa da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP) falou sobre a composição da chapa majoritária de reeleição do governador Ibaneis (MDB).

Nos últimos dias é notória a presença do ex vice-governador do DF Paulo Octávio (PO) acompanhando a agenda do governador Ibaneis. PO tem acompanhado Ibaneis em várias inaugurações de obras.

Paco Britto enalteceu a importância de PO para o DF. “Paulo Octávio é um grande empresário, um dos maiores empregadores do DF, além de ser presidente de um partido, o PSD”, afirmou.

Nos bastidores, grupos políticos defendem que Paulo Octávio deve concorrer ao Senado. Paco afirmou que essa intenção é legitima, “caso PO queira participar das eleições de 2022, pleiteando cargos na majoritária ou na proporcional do nosso grupo político”, finaliza.

Atualmente temos Ibaneis pré-candidato a reeleição. Paco e o Avante trabalham para que o vice concorra ao mesmo cargo. “Em time que está ganhando não se meche”, afirma Paco.

Outros grupos políticos tentam se articular para ocupar a vaga de vice e vários nomes são ditos nos bastidores. Os evangélicos tentam emplacar um nome na vice. A ministra Flávia Arruda não é descartada, apesar que sua tendência seja de concorrer ao Senado. A deputada federal Celina Leão, presidente do PP no DF sempre é lembrada. Outro nome sempre lembrado é do presidente da Câmara Legislativa, cotado para ser vice na chapa de Ibaneis.

A presença de Paulo Octávio ao lado do governador Ibaneis é legítima, e a disputa pelos espaços nesta chapa apenas começaram. Por hora temos Flávia Arruda e PO na disputa da vaga ao Senado.

Até o fechamento das coligações, em 2022, muita água vai passar por debaixo dessa ponte. Tudo pode mudar, inclusive nada.