Por Josiel Ferreira



Ibaneis Rocha é o novo governador do Distrito Federal
Brasília, DF, Brasil 1/1/2019 Foto: Andre Borges/Agência Brasília.

Caciques do Patriota sustentam que o governador Ibaneis Rocha (MDB) vai disputar a reeleição com o apoio do presidente Jair Bolsonaro. Estariam sugerindo, inclusive, que o chefe do Executivo deve-se desfiliar do MDB para se filiar ao novo partido de Bolsonaro, possivelmente o Patriota.

Cartão Gás

Governador Ibaneis Rocha e a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha

Programada para essa semana a assinatura do Cartão Gás. Ação da SEDES e da SEEC complementarão as ações sociais do governador Ibaneis Rocha em prol dos mais necessitados e da economia local. O cartão Vale-Gás é um novo auxílio destinado à população em risco social para a compra do botijão de cozinha, durante o período em que estiver em vigor decreto de situação de calamidade pública em Brasília.

A Secretaria de Economia finaliza, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), os detalhes a respeito do valor final que será repassado aos beneficiários e as primeiras datas de pagamento.

Lua de Mel

Ministra Flávia Arruda e Gutemberg Fialho

A ministra Flávia Arruda está em lua de mel com o primeiro suplente de deputado distrital, Gutemberg Fialho. Duas administrações devem apoiar o candidato em 2022 com o aval da ministra.

Mandato

Ex-deputado Alberto Fraga

Depois de mais de cinco meses recluso, começa a conversar e projeta candidatura para o próximo ano. Dizem que pode sair candidato ao GDF, mas no final deve mesmo é disputar uma vaga para câmara federal. O ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF) não quer ficar sem mandato.

Grupo

Foto: Divulgação – Presidente do DEM-DF Alberto Fraga, Eliana Pedrosa e Alírio Neto

O grupo da ex-deputada Eliana Pedrosa (Pros-DF) vai acabar se alinhando ao grupo de Ibaneis Rocha (MDB). Fraga, Eliana e Alírio, não vão conseguir construir uma chapa majoritária. Sem dinheiro e sem mandato, precisam de um grupo forte para tentar uma eleição majoritária.

Pesquisa

Ministra Flávia Arruda e Arruda

Reveladas na edição passada, pesquisas qualitativas e quantitativas internas, encomendadas pelo ex-governador Arruda, mostram que eleitores de Brasília querem – mais uma vez – a reeleição de Ibaneis Rocha (MDB) – a pesquisa está sendo realizada pela empresa Praxis Pesquisa Desenvolvimento e Educação LTDA.

Políticas públicas

Governador Ibaneis Rocha

A qualidade das políticas públicas já são sentidas nestes dois anos e meio do governo do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF). Isso é o que cacifa o governador à reeleição. Nos governos anteriores, a média da população não sentiu melhoria de vida. No âmbito da Secretaria de Obras, temos o seguinte: Túnel de Taguatinga, W3 SUL, Setor de Rádio e TV Sul, Praça do Povo, Rota de Segurança do Setor de Inflamáveis, Avenida Hélio Prates, Viaduto da EPIG, Viaduto da ESPM, Trecho 2 do Sol Nascente, Remanescente Vicente Pires, Ponte Vicente Pires.

DEM

Deputado Eduardo Pedrosa

“É um namoro sério, quase um noivado.” A definição é sobre a ida do deputado distrital Eduardo Pedrosa (PTC-DF) para o Democratas. Desde junho deste ano, ele tem-se dedicado a uma aproximação entre ele e o presidente Alberto Fraga do DEM-DF. Eduardo está em negociação, mas nada certo ainda.

Futuro

Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça

Governador Ibaneis Rocha confidenciou que tem planos para a atual secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça. Vanessa faz grande trabalho à frente da secretaria de Turismo do Distrito Federal.  Em entrevista nesta quinta-feira, 8, no quadro Brasília em Atividade, ela confirmou o convite feito pelo governador. Porém, prefere esperar o momento certo.

Suplentes – PF

Senador Izalci Lucas

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) continua com sua pregação na CPI da Pandemia, mas esquece que seus suplentes andam enrolados na Justiça. Um foi preso pela Polícia Federal, acusado de vender gato por lebre e o outro foi alvo da PF por suposto financiamento de grupos “antidemocráticos”. Izalci é candidato ao governo do DF.

Traição

Diretor Detran-DF, Zélio Maia

Essa semana, o Portal Radar-DF, do jornalista [Toni Duarte] revelou uma possível traição do diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia. Maia faz parte da terceira via – se reuniu nesta semana em Brasília para discutir o plano de Eliana Pedrosa, Alírio e Fraga. Tudo indica que o encontro não passou de um esforço para criar um fato político em meio à escalada de dissabores enfrentados pelo grupo do final de 2018 para cá. Segundo fonte próxima ao governador Ibaneis Rocha, o posicionamento de Zélio foi visto como uma traição ao governo do DF, já que ele faz parte da equipe de base aliada.

Defensor

Defensor Kleber Vinícius

Defensor Kleber não será candidato em 2022 – na última eleição ele obteve 5.286 votos.

Golpe na revenda de carros

Carro para revenda

Sobe para oito o número de vítimas da empresa Araguaia Veículos, de São Sebastião, investigada por receber veículos em consignação, revendê-los e não pagar aos proprietários. O inquérito policial, na Coordenação de Fraudes, é conduzido pelo delegado Miguel Lucena.

PING PONG – Paulo Medeiro, cientista político

Dr. Paulo Medeiro

Como cientista político, que marca o governo de Ibaneis, deixa nesses dois anos e meio de gestão?

Paulo Medeiro – O governador Ibaneis Rocha é um advogado e empresário de sucesso e sua experiência em ambas as áreas foram refletidas em sua gestão como Governador do Distrito Federal. O resultado são as regularizações que estão saindo da promessa e do papel e se transformando em escrituras para os brasilienses. No campo das obras, algumas necessidades emblemáticas da região estão sendo entregues, como viadutos, duplicações, túneis e muitas outras construções e reformas que colocam o DF em destaque na infraestrutura nacional. Resumindo, vejo que o foco na solução dos problemas da cidade e a valorização da população será o maior legado de Ibaneis Rocha.

Ibaneis já fala em reeleição. O DF tem tradição forte de não reeleger os chefes do Buriti. Em sua opinião, qual o caminho para viabilizar a reeleição de Ibaneis?

Medeiro – O cenário eleitoral vem se formando e os principais players já se movimentam nos bastidores da política local. Acredito que o caminho para a reeleição é o que vem sendo trilhado, com entregas concretas e que impactam positivamente a população. A pandemia causou vários estragos nos planejamentos municipais e estaduais, contudo, com o avanço da vacinação a economia voltará aos patamares anteriores, de crescimento e fortalecimento, propiciando mais entregas para a população.

Ibaneis vem investindo pesado em obras em todo Distrito Federal. Essas ações ainda têm o mesmo efeito de outras épocas para a imagem do governo?

Infelizmente não. A politização da população vem evoluindo e os critérios para a escolha de um candidato já não são os mesmos. Recentemente, ouvi alguém propor que programas de sucesso da época do governador Roriz fossem relançados. Apesar de ter sido um grande líder e governador, já não estamos mais na época de Roriz. Os tempos são outros. Os programas e ações precisam contemplar as necessidades da população contemporânea, e sobre isso o governador Ibaneis Rocha entende muito bem. O governo atual não fica somente no pilar da infraestrutura. A área social e a da regularização serão os principais vetores para uma campanha bem-sucedida.

Em 2020 houve eleições nos municípios. Qual a importância do Entorno para DF em 2022?

Paulo Medeiro – Atuei, diretamente, em 13 campanhas municipais em 2020, com o objetivo de sentir como seria a eleição de 2022. Como está o eleitorado atual? Quais seus sentimentos? Quais suas necessidades? Os santinhos funcionam? Qual o impacto das propagandas na TV? E a Internet? -, e como ficam as proporcionais sem coligação? A RIDE tem grande influência na eleição do DF, pois uma representativa parte dos eleitores distritais vivem nela. Além disso, uma boa parte dos cabos eleitorais que atuarão na eleição do DF vivem na RIDE. Frequentemente, vemos na mídia políticos do DF em reuniões e encontros com lideranças do Entorno. Ou seja, estes sabem o quanto essa ajuda extra fará a diferença.

Como o senhor enxerga a relação entre o Executivo e o Legislativo para eleições de 2022?

Paulo Medeiro – Acredito que esse será o grande desafio do governador Ibaneis Rocha, pois, com a legislação eleitoral atual ou ainda as que estão em discussão no Congresso, não há espaço para todos na chapa, nas nominatas e nem nos partidos. Já podemos ver alguns Distritais em busca de legendas, mas a situação não está fácil. Este é o reflexo da falta de planejamento de alguns dos nossos parlamentares. Ao assumirem os mandatos alguns, principalmente os iniciantes, achavam que o tempo não passaria e que a eleição demoraria para chegar. Ledo engano! Acredito que seja a cultura de boa parte dos brasileiros, de deixar tudo para a última hora. O que posso afirmar é que boa parte de nosso parlamento terá muita dificuldade em se reeleger, e, neste caso, não será por falta de apoio do executivo, mas por pura falta de planejar o futuro e se fiar em posts e fotos bonitas no Instagram.