VISÃO PANDÊMICA BRASILEIRA


Deputada Federal Magda Mofatto
Resultado de imagem para daniel silveira
Deputado Federal Daniel Silveira (PSL-RJ)

José Carlos Gentilli – Escritor, Membro da Academia de Letras de Brasília, da Academia Brasileira de Filologia e da Academia das Ciências de Lisboa

Tudo na vida é relativo. Tudo que está em cima, igualmente está embaixo,  conforme nos ensina o hermético Hermes de Trimegisto!  Tudo tem início, meio e fim numa cadeia infinita, assim estamos a  enfrentar a pandemia que tem gerado fatos inusitados, exibindo as entranhas  da sociedade, inimagináveis, até então. Sigmund Freud não acreditaria, se  vivo fosse! 

A Carta Magna existe para ser cumprida. Nela, está assegurada a imunidade  parlamentar, a divisão dos poderes e a representação popular. Todavia, age a  Suprema Corte, como estivesse acima do Bem e do Mal, usurpando direitos,  em detrimento de outros poderes. 

O Poder Legislativo, por sua vez, se apequenou, frente à pena jurídica,  escolhendo para a relatoria processual a parlamentar goiana, Magda Mofatto,  que já se manifestara em Plenário, favorável à prisão de seu colega, Deputado  Daniel Silveira, afirmando, taxativamente: “O motivo pela qual fui escolhida  é pelo meu perfil independente e sério. Não posso adiantar o relatório,  mas minha missão é defender a Democracia e a Constituição.” (12:05 PM  19.2.2021- Twiter for iPhone).  

Eis que surge o baiano Lázaro Barbosa de Sousa no Planalto Central e  promove uma série de crimes. As eficientes Secretarias de Segurança Pública  de Goiás e do Distrito Federal, auxiliadas por outras forças federais, tentam  prender o facínora mateiro, durante uma quinzena sem sucesso, face as  reconhecidas dificuldades da área com as matas do Cerrado. Verdadeira  operação de guerra. 

Inopinadamente, a projetar a Wonder Woman (Mulher-Maravilha), vem  em socorro às forças policiais a ilustre Deputada Federal Magda Mofatto,  esvoaçando num helicóptero, brandindo armamento (quiçá de plástico), para  prender o malfeitor, num verdadeiro cenário esdrúxulo. Algo quixotesco,  razão pela qual o jornalista Luiz Solano indagou acerca da origem da arma,  que seria privativa das Forças Armadas, afirmando: Magda Mofatto: AGORA  EXPLIQUE! 

Na ocasião, disse ela: “Te cuida Lázaro. Se o Ronaldo Caiado, não deu  conta de te pegar eu estou indo te pegar.” Sem dúvida, no mínimo, algo  patético! 

Este imbróglio me conduz ao pensamento de que ninguém engana todo  mundo o tempo todo, buscando no gênio de Stratford-upon-Avon, William  Shakespeare, em sua obra monumental a tragédia intitulada Hamlet, a  narrativa que se adequa a este momento pandêmico: “HÁ ALGO DE PODRE  NO REINO DA DINAMARCA.”