por MLC 

Serviço permite resolver conflitos de trânsitos, sem vítimas, pelo celular

Nesta quarta-feira, 17/6, aconteceu o lançamento oficial do serviço Justiça de Trânsito. Na ocasião foi realizada a apresentação de como funciona o atendimento virtual em casos de acidentes de trânsito sem vítima para o Presidente do TJDFT, desembargador Romeu Neiva, para a 2ª Vice-Presidente, desembargadora Sandra De Santis, a para Corregedora de Justiça, desembargadora Carmelita Brasil, e magistrados vinculados a Alta Administração do Tribunal.

“Estou muito orgulhosa com o que vamos apresentar hoje”, iniciou a desembargadora Sandra De Santis. A magistrada destacou que a Justiça de Trânsito é uma das iniciativas do Tribunal mais conhecidas dos cidadãos do DF e elogiou o resultado do trabalho conjunto feito pela sua equipe e o Laboratório de Inovação do TJDFT – Aurora. “O presente exige inovação”, afirmou a magistrada se referindo aos avanços tecnológicos necessários para o Tribunal seguir prestando serviços de excelência.

A servidora Mariana Bicalho, responsável pelo Aurora, fez a apresentação do passo a passo que as pessoas terão que fazer para acessar o serviço e explicou as modificações que foram necessárias para remodelar o atendimento para a forma on-line. “Optamos por uma navegação intuitiva, rápida e com linguagem amigável”, declarou.

A juíza do TJDFT Caroline Lima, coordenadora do Cejusc-Itinerante, ao qual o novo serviço é vinculado, falou ser a realização de um sonho: “é um desejo que se tornou realidade, ver que está disponível para a população do DF esse serviço”. A magistrada ressaltou que a Justiça de Trânsito do TJDFT funciona desde 1999 e que a migração para o ambiente digital aumentará a capacidade de atendimento. “O TJDFT é o primeiro Tribunal a disponibilizar esse tipo de serviço. A ideia é resolver sem necessidade de processo judicial, é desjudicializar, deixar as pessoas satisfeitas com a conciliação virtual”, afirmou.

Ao final, o Presidente do Tribunal elogiou e agradeceu a todos do Tribunal pelos trabalhos que estão desempenhando e trazendo novidades para os jurisdicionado.

Justiça de Trânsito na mão

Por meio do serviço, a população do DF conta com a facilidade de resolver um conflito de trânsito, sem vítimas, no local do acidente e pelo celular. Basta acessar o site do TJDFT, “Atendimento Virtual” e clicar em “Justiça de Trânsito”.

Se o usuário optar pela conciliação on-line, direto do local do acidente, é necessário baixar o aplicativo Teams, da Microsoft, para participar. Dica: Baixe o Teams no seu celular agora para não precisar fazer no momento do acidente.

TJDFT inovando e facilitando o acesso à Justiça!