Hoje (08), a partir das 09h, em frente ao Congresso Nacional

Mesmo com o risco de apagão no Brasil, a Câmara dos Deputados segue em segurar a votação do projeto que visa ajudar o setor de energias renováveis a operar com segurança jurídica, ou seja, regulada com uma lei, assim como já acontece em outros países do mundo.

O Projeto de Lei nº 5829/19, conhecido também como o marco legal da Geração Distribuída esteve na pauta da Câmara por diversas vezes nos últimos meses, porém não chegou à apreciação.

Com isso, um grupo de manifestantes não cruzaram os braços. Pelo contrário, eles vão realizar um ato para destacar a necessidade da aprovação dessa proposta o quanto antes. São empresários, consumidores, especialistas e profissionais do setor de energias renováveis que comprovam que é importante a criação de uma opção sustentável e ampla de energia limpa e renovável no Brasil.

A mobilização tem como ponto de concentração na frente do Congresso Nacional ( 09h às 13h), após isso, seguirão em carreata rumo ao Clube da Associação dos Empregados da Eletronorte (ASEEL).

Os slogans usados pelo grupo são “Brasil, diga sim à energia solar” e “Livre e bem distribuída”.

Vários parlamentares favoráveis ao Projeto de Lei já confirmaram presença, assim como, centena de apoiadores de todo o país. O objetivo é mostrar que a matéria deve ser pautada e apreciada nos próximos dias para a aprovação do plenário.

“A voz da manifestação é a voz de quem quer o melhor para o nosso país”, reforça a coordenadora do movimento “+ Brasil Solar” Lúcia Abadia.

Serviços:

Manifestação + Brasil Solar de apoio ao PL 5829: Brasil, diga SIM à Energia Solar, livre e bem distribuída.

Data: 08.06.2021 – Terça-feira

Horário: 9h

Concentração: em frente ao Congresso Nacional