O comerciante Toizinho como é conhecido na QI 14 do Guará I, devido ao nome de seu estabelecimento “BOTECO DO TOZINHO” enquadra moradores e diz que quem manda na quebrada é ele. O bar que nunca parou de funcionar mesmo com os decretos emitidos pelo governo do Distrito Federal, devido a pandemia de Coronavirus, agora está com força total fazendo festas e eventos.


Conforme relato de moradores que por varias vezes tentaram acordo com o proprietário do quiosque para que não promovesse eventos com aglomeração, bebedeira, som alto e apropriação da praça pública que fica em frente a seu comercio, no período noturno. Toninho tem a resposta na ponta da língua “aqui não tem cabra macho pra fechar meu bar, nem governo tenho muitos amigos e quem manda aqui sou eu”.


A situação é tão crítica conforme vídeos recebidos por nossa redação após as 19h os moradores tem que desocupar a quadra, que fica em frente ao estabelecimento para que o “CHEFE DA QUEBRADA” possa colocar as mesas e vender suas bebidas dentro e fora do estabelecimento, os frequentadores do local aproveitam a paisagem para consumir drogas e fazer suas necessidades fisiológicas.


Os moradores pedem socorro a administração da cidade e órgãos competentes para que entrem em ação pois as crianças e jovens não podem frequentar o local no período devido ao mau cheiro, sujeira e temem o comerciante que por varias vezes coloca a mão na cintura fazendo menção que tem algo escondido.
O que mais intriga os moradores é que a policia e até mesmo o DF LERGAL (Antiga AGEFIS), estiveram no local constatando as irregularidades, mas não fecharam nem mesmo notificaram o “BAR DO TOZINHO” que faz questão de avisar a todos que quem fechar seu o bar pode levar o estoque de brinde.,