A Polícia Federal enviou ao STF um pedido de abertura de inquérito para investigar supostos repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli.

A Polícia Federal enviou ao STF um pedido de abertura de inquérito para investigar supostos repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli, do STF. 

A informação foi publicada pelo jornal folha de São Paulo com base na delação premiada de Sérgio Cabral que teria afirmado que Dias Toffoli recebeu 4 milhões para favorecer 2 prefeitos do Rio de Janeiro em processo no TSE.

Os pagamentos, segundo Cabral, teriam sido realizados nos anos de 2014 e 2015 e operacionalizados por Hudson Braga ex secretário de obras do Rio de Janeiro.

Fonte: Folha da Politica