Brasília comemora 61 anos e ao longo de sua existência acumula uma série de fatos que tornam essa cidade única. Em apenas cinco anos, as terras inabitadas do Planalto Central deram lugar à Capital da Esperança, de onde jorra leite e mel, sendo habitada por uma civilização próspera, conforme profetizou Dom Bosco em 1883.

O sonho de Juscelino Kubitschek ganhou formas com obras dos renomados Oscar Niemeyer, Athos Bulcão, Burle Marx, Marianne Peretti, Alfredo Ceschiatti e transformou a realidade e milhões de brasileiros que fizeram de Brasília sua morada e desenvolveram a Região Centro-Oeste.

Hoje, quero desejar que Brasília tenha um futuro ainda mais próspero, que seu povo seja mais gentil e empático e perceba, de uma vez por todas, que os atos de cada um são responsáveis pelo destino de todos!