https://picasion.com/

Noticia vinculada pelo Jornalista Luiz Solano intitulada “ESTÃO DESTRUINDO BRASÍLIA” em nosso blog, teve repercussão meios empresariais, sociais e culturais do Distrito Federal, chegando ao conhecinhecimento do primeiro escalão do GDF leia abaixo a repercussão.

Caríssimo Luiz Solano

Você sempre foi um baluarte na defesa da Capital da Esperança e, agora, protegido pela muralha, que chamas de Blog do Cafezinho, a defesa dos brasilienses, torna-se revigorada.Respeito a vontade popular, senhora do voto, mas lamento a ausência dialética de dirigentes administrativos, que não dialogam com a sociedade, sequer se dignam em não receber o povo e seus anseios. Somos testemunhas vivenciais da repulsa à Cultura no Distrito Federal por parte das administrações governamentais, excetuando-se respeitáveis exceções. A vertente da auri sacra fames (volúpia pelo dinheiro) predomina na busca desenfreada ao Poder.Observe-se que todos os Estados, que compõem a Federação, doaram imóveis, devidamente tombados, para a concretização das  suas Casas de Cultura, com exceção da Academia de Letras de Brasília, até a presente data marginalizada como algo desprezível no concerto educacional.O Distrito Federal é um ente abandonado pelos seus ocupantes funcionais!Basta verificar que a Capital do país, há anos, assiste desolada a desídia no trato do Teatro Nacional.Educação e Cultura não convém aos dirigentes, que desejam que a população permaneça semialfabetizada para melhor controleda massa ignara. Que se dane o povo!

José Carlos Gentili jornalista

Caríssimo Amigo Gentili

Atrevo-me a comentar sua importante e preciosa mensagem.

Por primeiro, os meus parabéns, por nos trazer à lembrança, a oportuna referência ao nosso amigo Luis Solano, jornalista decano, de uma época em que os noticiários dos principais veículos de comunicação, eram tratadas com  primorosa responsabilidade.

Por segundo, pela oportuna e lúcida constatação da ausência dialética dos nossos dirigentes administrativos.

A extrema ausência de patriotismo, aliada à falta de conceitos morais e éticos na nossa sociedade, transformaram a política brasileira, no melhor “NEGÓCIO” dos nossos dias.

O abominável sistema, e a criminosa infiltração da nefasta ideologia, sem pudor, nos bancos escolares, relegou a nossa EDUCAÇÃO e CULTURA, a reles INDUCAÇÃO e CURTURA.

Impossível é, medir a dimensão da verdadeira tragédia que se abateu sobre o país, que deliberadamente, desdenha os valores éticos e morais, assentindo que as suas principais universidades, transformem alunos em bacharéis, denominados analfabetos funcionais.

Difícil avaliar a consequência futura da vergonhosa e irresponsável falta de patriotismo, de ética e de moral.

Forte Abraço

Fernando Brites   

Caríssimo Luiz SolanoVocê sempre foi um baluarte na defesa da Capital da Esperança e, agora, protegido pela muralha, que chamasde Blog do Cafezinho, a defesa dos brasilienses, torna-se revigorada.Respeito a vontade popular, senhora do voto, mas lamento a ausência dialética de dirigentes administrativos, quenão dialogam com a sociedade, sequer se dignam em não receber o povo e seus anseios. Somos testemunhas vivenciais da repulsa à Cultura no Distrito Federal por parte das administrações governamentais,excetuando-se respeitáveis exceções.A vertente da auri sacra fames (volúpia pelo dinheiro) predomina na busca desenfreada ao Poder.Observe-se que todos os Estados, que compõem a Federação, doaram imóveis, devidamente tombados, para a concretização das  suas Casas de Cultura, com exceção da Academia de Letras de Brasília, até a presente data marginalizada como algo desprezível no concerto educacional.O Distrito Federal é um ente abandonado pelos seus ocupantes funcionais!Basta verificar que a Capital do país, há anos, assiste desolada a desídia no trato do Teatro Nacional.Educação e Cultura não convém aos dirigentes, que desejam que a população permaneça semialfabetizada para melhor controleda massa ignara. Que se dane o povo!José Carlos Gentilijornalista