LUIZ SOLANO O Repórter do Planalto

Caiu a máscara da Doutora Ludhmilla Hajjar, que queria ser Ministra da Saúde no Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Com ligações  com a ex-presidente Dilma Rousseff, para quem cantou em um hospital,dizendo em inglês “eu te amo”,mostrou o seu lado de esquerdista. Essa doutora,nem foi convidada para ocupar o posto  no lugar do General Eduardo Pazuello e  aproveitou a ocasião para aparecer na mídia. Declarou que foi ameaçada juntamente com sua família,por pessoas ligadas ao Presidente Jair Bolsonaro.

Seria interessante que essa médica procurasse uma Delegacia de Polícia  e fizesse a ocorrência,para que os fatos fossem apurados e saber quem são os seus ameaçadores.Sobre esse assunto, os leitores do Blog do Cafezinho e da minha página no Face, vão ler  a coluna do jornalista Cláudio Humberto,no Diário do Poder, com a doutora Ludhmilla Hajjar,tocando saxofone para a Presidente Dilma Rousseff.