O BRB vai ampliar o prazo de validade dos seus três concursos públicos realizados em 2019: CP 29 (escriturário), CP30 (Analista de Tecnologia da Informação, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Médico do Trabalho) e CP 31 (Advogado). A decisão será publicada no Diário Oficial do DF (DODF) na quinta-feira (11/03).

Com a medida, as validades dos concursos passam a ser de 14.09.2022, para o cargo de escriturário; 21.09.2022, para os cargos de Analista de Tecnologia da Informação, Engenheiro de Segurança do Trabalho e Médico do Trabalho; e 12.10.2022 para o cargo de Advogado.

Desde o ano passado, o Banco já chamou seis turmas de concursados aprovados, contabilizando 298 pessoas (214 escriturários, 64 analistas de TI, 1 engenheiro do trabalho, 3 médicos do trabalho e 16 advogados).

A alteração nos concursos do BRB segue a disposição prevista na Lei 6662/20, que autoriza a suspensão de validade dos concursos públicos no DF em decorrência da pandemia da Covid-19.

 “Em um momento de pandemia, a medida reforça nosso compromisso e cuidado com as pessoas”, reforça o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

A suspensão da validade dos concursos não produz impacto em futuras convocações. 

Por conta das medidas sanitárias durante a pandemia, todos os novos empregados convocados têm participado de processo de integração por meio digital.