https://picasion.com/

Brasília, 26 de fevereiro de 2021 – O BRB concedeu hoje o primeiro financiamento para o setor de turismo por meio do Fungetur (Fundo Geral de Turismo). O Banco conseguiu credenciamento junto ao Ministério do Turismo no valor de R$ 521 milhões e já recebeu mais de 37 pedidos de concessão de crédito por meio da linha. O setor do Turismo está entre os mais impactados pela crise da Covid-19.

“Com o Fungetur, o BRB ampliou sua capacidade de atuação e de apoio ao setor produtivo. A liberação do primeiro financiamento hoje é um marco importante para todos nós”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

A primeira empresa a contratar via Fungetur é do próprio Distrito Federal. A assinatura do contrato foi realizada na sede do BRB, e contou com a presença da secretária de Turismo, Vanessa Mendonça.

Os recursos advindos do Fungetur podem ser usados tanto para capital de giro quanto para aquisição de bens, como máquinas e equipamentos.

Podem ser utilizados, ainda, para obras de construção, modernização e ampliação para a retomada das atividades, além de reformas em geral.

As condições variam conforme as finalidades do financiamento (todas com taxa de até 5% a.a. + Selic):

– Capital de Giro isolado para empreendimentos turísticos: destinado para financiamento de até 100% do valor de projetos de até R$ 30 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 60 meses para pagar.

– Bens para empreendimentos turísticos, com capital de giro associado: financiamento de até 100% (sendo até 30% para capital de giro) de projetos de até R$ 10 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 60 meses para pagar.

– Obras civis para implantação ou melhoria de empreendimentos turísticos, com capital de giro associado: financiamento de até 80% (sendo até 30% para capital de giro) do valor de projetos de até R$ 10 milhões, para empresa ou grupo econômico, com até 240 meses para pagar.

Para solicitar financiamento pelo fundo, é preciso ter conta no BRB e cadastro no Cadastur do Ministério de Turismo (cadastur.turismo.gov.br). Em seguida, os clientes devem procurar uma agência do BRB.