https://picasion.com/

A PCDF, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia – Asa Sul, deflagrou neste sábado (20), a Operação Parquímetro, cujo foco foi o exercício ilegal da atividade de “flanelinha”. Nos últimos meses houve um grande aumento de ocorrências de furto em interior de veículo na área da Asa Sul, aliada ao fato de um aumento no número de denúncias anônimas e reclamações de que “flanelinhas” estariam agindo com agressividade e, em alguns casos,
com violência contra usuários de estacionamentos públicos da Asa Sul, em especial do Setor Hospitalar e adjacências, dentre outros endereços da região.

A ação foi dividida em duas etapas. Na primeira, pela manhã, a fiscalização ocorreu no Setor Hospitalar Sul, local em que 20 indivíduos suspeitos foram conduzidos até a delegacia. Dos 20, apenas cinco tinham registro nos órgãos fiscalizadores da atividade, razão pela qual os outros 15 foram autuados por exercício irregular da profissão.

A segunda etapa, realizada no período da tarde, ocorre em várias quadras comerciais da Asa Sul e na “rua das farmácias”.

As ações ajudam na localização de foragidos da justiça e atualizam o cadastro de suspeito. Tem também caráter preventivo pois, na ausência do Poder Público, muitas vezes esses agentes partem para a prática de crimes mais graves como furtos, roubos e tráfico de drogas, utilizando a vigilância de veículos como cobertura. Há ainda as “guerras por pontos” que muitas vezes culminam em lesões graves e até homicídios.

Solicitamos à população que se abstenha de contribuir financeiramente com esta prática, a fim de desmotivá-la na região, bem como que procure a Delegacia de Polícia caso sofra ameaça ou agressão por estas pessoas, a fim de que as medidas legais sejam tomadas.

A maioria dos suspeitos ostentam antecedentes criminais variados, o que é vedado pela legislação que regulamenta a atividade. Alguns, inclusive, estão em regime de prisão domiciliar e liberdade provisória, tendo as respectivas varas sido oficiadas da situação para ciência e providências cabíveis.