Esta confirmada a presença do Governador Ibaneís Rocha (MDB) e do Vice- Governador Paco Britto (Avante) na cerimônia de posse da Mesa Diretora, Corregedoria e Ouvidoria da Câmara Legislativa que vai comandar os trabalhos legislativos e administrativos da Casa no biênio 2021-2022.

A cerimônia de posse irá ocorrer no dia 1º de janeiro às 11h no Plenário da Câmara Legislativa com a presença do Deputado Rafael Prudente, demais parlamentares e autoridades convidadas para condução da Solenidade.

Além do presidente Rafael Prudente (MDB) e do vice, deputado Delmasso (Republicanos), também foram reconduzidos para os cargos na Mesa Diretora, na eleição realizada no último dia 15, os deputados Iolando Almeida (PSC), na Primeira Secretaria, e Robério Negreiros (PSD) na Segunda Secretaria. A novidade na composição dos trabalhos Legislativos será o deputado Reginaldo Sardinha (Avante) na Terceira Secretaria.

Como suplente do primeiro secretário foi eleito o deputado Jorge Vianna (Podemos); do segundo, deputado Agaciel Maia (PL) e do terceiro, deputado Hermeto (MDB). Inédita na história da CLDF, a reeleição de integrantes da Mesa Diretora em um mesmo mandato foi aprovada no final de novembro de 2019 por meio de emenda à Lei Orgânica.

Corregedoria e Ouvidoria
​​​​​​​

Os distritais elegeram ainda, por unanimidade, o deputado Fernando Fernandes (PROS) para a Ouvidoria e o deputado Hermeto (MDB) para a Corregedoria. À Ouvidoria cabe registrar as demandas da população e à Corregedoria zelar pelo decoro parlamentar, a ordem e a disciplina no âmbito da CLDF.

A população poderá acompanhar ao vivo pela TV Legislativa Web ou por nosso blog, pela primeira vez na historia do legislativo local o evento será hibrido podendo os deputados participarem de forma presencial ou remota através do aplicativo disponibilizado.

Será permitida a presença somente dos parlamentares e convidados devido a pandemia de Coronavírus e como forma de evitar aglomerações e disseminação da doença.

A presença do Governador,e do Vice- governador na solenidade demonstra que não há qualquer tipo de rusga entre as duas casas, informação esta que muitas vezes é disseminada para tentar criar empecilhos nas votações de projetos polêmicos.

O ano legislativo se inicia em primeiro de fevereiro e o Executivo já esta preparando vários projetos para serem encaminhados e possivelmente votados nos primeiros dias após o recesso parlamentar segundo informações palacianas alguns remanejamentos no orçamento, restruturação de Secretarias e Administrações Regionais, o próximo ano pode ser decisivo para determinar quem será reeleito ou colocará o pijama em 2022.