Jacqueline Galuban
Advogada e Servidora Pública

No domingo, dia 29, 38 milhões de eleitores irão às urnas para eleger os prefeitos de 57 cidades brasileiras.

Aracaju (SE), Belém (PA), Boa Vista (RR), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), São Luís (MA), São Paulo (SP), Teresina (PI) e Vitória (ES), excluída Macapá ( AP) ,devido ao apagão que durou 22 dias, terá o seu 1º turno em 6 de dezembro e o 2º turno, caso necessário, em 20 de dezembro.

Em meio a tantos acontecimentos no meio político, muitos eleitores se deparam com a difícil escolha daquele(a) que pode tomar tantas decisões que refletirão profundamente em sua vida.

E você , já escolheu o seu candidato ? Aqui seguem algumas dicas que podem ajudar você a fazer uma escolha mais consciente :

1- Preserve a memória. Não deixe de lado o passado do candidato. Pesquise os atos por ele praticados que realmente façam diferença na vida da população e não deixe permanecer no poder as mazelas da política brasileira;

2- Pesquise no site do CNJ o cadastro do seu candidato. Antes certifique-se do nome completo, visto que apenas o nome usado nas urnas não atende a pesquisa disponível no CNJ , o que consideramos uma falha. Veja o link : https://www.cnj.jus.br/improbidade_adm/consultar_requerido.php

3- Promessas de campanha : lembre-se que para fazer é preciso ter dinheiro. Na sua casa você não diz que vai comprar e vai pagar se não tiver o dinheiro para tanto. Exija do seu candidato que ele apresente conhecimento acerca do orçamento público e de onde vai remanejar os recursos que promete.

4- Exerça sua cidadania! Não aceite favores de político, saiba que qualquer promessa pessoal em troca do seu voto será ilícita. Portanto, não confie em quem quer comprar você , pois certamente não pensará duas vezes em vender você por uma oferta melhor .