Quem passa pela estação do Metrô na Rodoviária se depara, em Brasília, com uma boneca gigante, de branco, com touca e máscara verdes, sentada, em abraço. É uma ação de reconhecimento do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) ao profissional devotado, cuidadoso, responsável, corajoso, que vem dedicando sua vida para salvar outras vidas, nesses tempos de
pandemia.

Iniciada no último dia 23, a ação vai até 2 de dezembro visando sensibilizar a população sobre a atuação anônima de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, que persistem na linha de frente de combate ao coronavírus. Muitos perderam e ainda vão perder vidas, a serviço da saúde humana.

Cofen e Coren querem alertar a população sobre o esforço sem o devido
reconhecimento; a excessiva carga horária de trabalho; a escassez de equipamentos de proteção individual adequados; os salários injustos; os sacrifícios no afastamento da família para evitar contaminação do vírus; a exaustão psíquica.

A intenção da campanha é que a população demonstre seu apoio ao esforço dos profissionais de enfermagem na pandemia, assinando a boneca de gesso, que será enviada depois à Câmara dos Deputados. Quem não puder assinar, pode manifestar-se pelas redes sociais, tirando fotos, fazendo o sinal do abraço, e marcar com a #abraceaenfermagem.

Assessoria de imprensa: Meio e Mídia Comunicação