Em reunião remota na manhã desta terça-feira (24), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou dois projetos voltados à saúde e proteção dos idosos. O primeiro, o PL nº 895/2020, do deputado Eduardo Pedrosa (PTC), inclui o programa de Apadrinhamento Afetivo aos Idosos na legislação da área.  Segundo o parlamentar, o programa “Um Lar para os Idosos” permite o acolhimento e apadrinhamento social nos finais de semana e feriados, e possibilita aos idosos a convivência social fora da instituição onde residem, proporcionando-lhes amor, afeto, atenção, carinho e cuidados com a saúde. O relator da proposta na CCJ, deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) parabenizou a iniciativa, ao compará-la ao programa de apadrinhamento de crianças.

Já o segundo projeto, o PL  882/2020, do deputado Jorge Vianna (Podemos), institui o Programa de Incentivo a Atividade Física para Idosos no DF. Ao dar seu parecer favorável, o deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) exaltou a proposta, ligada ao programa Ginástica nas Quadras. Ele disse ter testemunhado a transformação que este programa causa na vida das pessoas, tanto que destinou emendas parlamentares para compra de equipamentos para aperfeiçoar a prática. “Os relatos dos idosos são fantásticos”, acrescentou.

Participaram da reunião da CCJ, transmitida pelo portal da Casa no YouTube, os deputados Martins Machado (PRB), Daniel Donizet (PL), Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Roosevelt Vilela (PSB).

Franci Moraes
Fotos: TV Web CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa