Saiba como identificar as fases de um relacionamento abusivo.

Entre março e agosto de 2020, 497 mulheres perderam suas vidas. Um feminicídio a cada 9 horas. ( fonte : monitoramento Um Vírus e Duas Guerras) .


A situação de isolamento social imposta pela pandemia do novo corona vírus , obrigou muitas mulheres a conviverem com seus agressores e dificultou o acesso às redes de proteção.


A psicóloga americana Lenore Walker identificou os padrões abusivos em uma relação afetiva para ajudar na defesa das vítimas desse tipo de violência.

O ciclo possui 3 fases:

1ª fase : momento em que o agressor demonstra irritação aleatória. Tudo é motivo para insatisfação. Esse é um momento onde ocorrem ameaças e humilhações. Essa fase é chamada de momento da tensão.

2ª Fase: Ato de violência é como é denominada essa fase. É o momento de explosão do agressor. Toda tensão acumulada na fase anterior, materializa-se. A violência pode ser física, verbal, patrimonial, moral, psicológica. Ou todas elas ou grupamento de algumas.

3ª Fase: arrependimento . O agressor se mostra arrependido, faz promessas que nunca mais fará; torna-se carinhoso para conseguir a reconciliação.
Em meio a essa turbulência e constante mudança de comportamento, a mulher se sente confusa, pressionada e muitas vezes abre mão dos seus direitos acreditando que tudo vai mudar.

É preciso saber quebrar esse ciclo. As mulheres vítimas de violência não falam sobre o assunto por vergonha, medo, constrangimento e muitas vezes por não possuir meios de sobrevivência para si e para os filhos.


Se você reconheceu esse ciclo em sua vida , não deixe de pedir ajuda. Ligue 180, procure a Defensoria Pública da sua cidade, apoio psicológico pelo SUS, as casas abrigo, delegacias especializadas da Mulher. E lembre-se : a culpa não é sua, você não merece o que está passando e existe vida após a violência.

Clique e confira o vídeo