Por Maurício Nogueira

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, fez denunciação caluniosa ao afirmar que ele interferiu na Polícia Federal, durante live desta quinta (15).

Além disso, ele também criticou inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga suposta interferência política do presidente na Polícia Federal.

Ao lado de André Mendonça, Bolsonaro afirmou que é impossível interferir na corporação, e acusou Sergio Moro de ter praticado “denunciação caluniosa”.

“E aí me acusam, naquele processo lá, daquele cara, de interferência na PF. Não tem nada. Não acharam nada sobre interferência na PF. Inclusive, eu acho aquilo uma denunciação caluniosa. Vamos esperar o processo chegar ao final para ver o que fazer. Uma pessoa que resolveu me acusar do nada.”

Corrupção, não

Bolsonaro reiterou também que no governo federal não tem corrupção. E que caso de que ex-vice-líder do governo no Senado Chico Rodrigues não tem relação com o governo Bolsonaro.

“No meu governo, não tem corrupção. Meu governo é os meus ministros. Se tiver algo errado, a investigação vai acontecer. Alguns querem dizer que o caso de Roraima tem a ver com o meu governo. Eu tenho no total 18 vice-líderes no Congresso. Ele gozava do prestígio, do carinho, eu nunca tinha ouvido falar nada dele. Aconteceu isso, lamento. Hoje, ele [Chico] foi afastado. Tentando vincular a mim o tempo todo”, afirmou o presidente.

Bolsonaro continuou, repetindo: “Em meu governo não tem corrupção. Até o momento, zero. Agora, a má-fé da imprensa e de alguns internautas… que a gente sabe que o objetivo é sempre tentar o desgaste, né. Dizer que eu disse que não tem mais corrupção no Brasil. Ninguém falou no Brasil. Falei no meu governo”.

O presidente tentou mostrar distanciamento do senador afastado, diante da quantidade de vice-líderes no governo, indicados pelas próprias siglas dentro do Legislativo.

“Eu tenho, no total, 18 vice-líderes no Congresso. São 15 na Câmara, que foram indicados pelos partidos, e 3, no Senado, escolhidos em comum acordo. [Chico Rodrigues] É uma pessoa que gozava do prestígio e do carinho de quase todos. Aconteceu esse caso, eu lamento”falou o presidente.

O presidente ainda disse que “o que dói é você trabalhar igual a 1 desgraçado e esses idiotas aí te acusarem de corrupção”.

Confira íntegra da live de Bolsonaro desta quinta (15):