Por LUIZ SOLANO
O Reporter do Planalto

Os moradores das  Quadras 700 e 300 Sul,são contra o fechamento da Avenida W 3 Sul,nos domingos e feriados,conforme Decreto do GDF e que vem causando transtorno e aborrecimentos para os residentes da região.Eles lembram que existe o Parque da Cidade e o Eixão, que já são usados para a prática de esportes e caminhadas.

O Secretário de Empreendedorismo do Distrito Federal Mauro Roberto,esteve reunido com Empresários e Sindicatos do setor varejista,para que seja encontrada uma solução, que vem desgastando a administração do Governador Ibaneis Rocha, por quem temos muito respeito e admiração.

Dados mais recentes do Sindicato do Comércio Varejista  -Sindivarejista, mostram que,desde o começo da pandemia causada pelo novo coronavírus até agosto, 540 lojas fecharam na Asa Sul, 156 delas estão na Avenida W 3.O sindicato informou que não tem o número de estabelecimentos na via em funcionamento. O Vice-Presidente do Sindivarejista-DF, Sebastião Abritta, em conversa com o repórter, disse que o fechamento do local aos domingos e feriados agrava a situação.

” A W 3 Sul vem de um declínio de ano a ano por falta de investimento por parte do governo.A Asa Sul é bem servida de parques, ainda tem o Eixão do Lazer, então não há necessidade de fecha-la”,destaca  Sebastião Abrittas.

Como Jornalista e Diretor Especial da Associação Comercial do Distrito Federal,  venho observando que são poucas as pessoas que usam a W 3 nos domingos e feriados. em torno de 120 que caminham, com os seus animais de estimação, muitos fazendo sujeira no asfalto.

É hora do Govenador Ibaneis Rocha,revogar essa medida do fechamento da W 3 nos domingos e feriados e melhorar o sistema de atendimento no Parque da Cidade e  Eixão do Lazer.