Por: Laezia Bezerra

A criação da secretaria foi possível após aprovação na Câmara Legislativa do DF, de projeto enviado pelo Poder Executivo. Desde que assumiu seu mandato em 1º de janeiro de 2019, o distrital Iolando trabalhou para que o projeto se tornasse uma realidade no Distrito Federal, atendendo uma demanda antiga do segmento da pessoa com deficiência.


Sensível à causa das pessoas com deficiência o governador Ibaneis Rocha, foi um grande apoiador da ideia da criação da nova pasta e disse no dia da inauguração da secretaria da Pessoa com Deficiência, “as pessoas com deficiência do Distrito Federal atravessaram décadas lutando pela existência dessa secretaria. A criação dela é o primeiro passo de uma caminhada muito grande que vamos ter”. Ibaneis destacou a importância de dar um tratamento horizontal a esse público e de incluir, em todos os programas do GDF, políticas e espaços destinados às pessoas com deficiência.


Inicialmente a secretaria teve como titular o deputado Iolando, e o objetivo da pasta é beneficiar 650 mil pessoas com algum tipo de deficiência em todo o Distrito Federal e também, assegurar políticas e ações voltadas às pessoas com deficiência, além de atuar pelo cumprimento dos direitos e princípios estabelecidos pela Política Distrital.


No ano passado, durante a cerimônia de inauguração da pasta, o deputado Iolando discursou com entusiasmo “Este é um momento histórico para o Distrito Federal e quero agradecer àqueles que acreditaram nesse sonho, ele não é meu, ele é nosso”, disse.


Nesta sexta-feira comemorando o aniversário da pasta, o deputado distrital ressalta novamente com entusiasmo e satisfação, “que a secretaria é uma realidade muito importante para o segmento da pessoa com deficiência e para todos os que estão envolvidos com as causas desse público, que tanto esperou e conseguiu essa vitória. Hoje temos a nossa Secretaria da Pessoa com Deficiência, uma conquista impar para nós”, destaca.


Atuando em prol das causas das pessoas com deficiência, Iolando é militar reformado da Força Aérea Brasileira (FAB), foi eleito deputado distrital em 2018, com 13 mil votos. É graduado em teologia e filosofia pela Universidade Católica de Brasília e atua junto às pessoas com deficiência há mais de 30 anos, sendo essa uma de suas principais bandeiras na Câmara Legislativa do DF. O parlamentar começou a militar em favor das causas da pessoa com deficiência, após um acidente de motocicleta ter feito com que ele perdesse os movimentos do braço direito, gerando à ele uma deficiência permanente. Foi iniciativa do deputado Iolando também, a criação da União Brasileira de Pessoas com Deficiência (Ubrapod).

Após o retorno do deputado Iolando a sua cadeira na Câmara Legislativa, um dos maiores objetivos do parlamentar, foi justamente para ajudar e motivar o apoio à pasta da pessoa com deficiência e em seu lugar assumiu a vaga de titular, a secretária da Pessoa com Deficiência, Roseane Cavalcante de Freitas, mas conhecida como Rosinha da Adefal.