Por LUIZ SOLANO
O Reporter do Planalto

O Governador Wilson Witzer,um desconhecido no Rio de Janeiro,conseguiu se eleger Governador,com  apoio do Presidente Jair Bolsonaro e de seus filhos.Assumiu o Governo e começou a trabalhar,não pelo Estado e sim ,em causa própria,com a ajuda da esposa a advogada Helena Witzer.

Pois bem,Wilson Witzer,foi impedido pelo Superior Tribunal de Justiça, de sentar na cadeira de Governador, pelo prazo de 180 dias ou seja seis meses, bastante tempo para refletir pelo que fez e pela traição que praticou aos seus padrinhos eleitorais.

Interessante que eu nunca me enganei com a  prepotência e arrogância de Wilson Witzer, que ao sentar na cadeira de Governador, esqueceu e começou a se distanciar dos seus padrinhos,numa  atitude,que lembra o Calabar mineiro,que traiu o nosso Mártir da Independência, o Joaquim José da Silva Xavier, o  Tiradentes.Não voltará ao Governo, pois a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro,terá sabedoria,para impedir o retorno desse cidadão,que  agora passa ser companheiro de ações criminosas como Sérgio Cabral e que certamente vão fundar uma universidade,para aprimorar seus comportamentos criminososBay..bay Wilson Witzer.