Recentemente viralizou nas redes um vídeo protagonizado pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT). Waldir Teis, flagrado fugindo pela escadaria do edifício onde se localiza o seu escritório em Cuiabá.

Confira:

No vídeo é possível observar o momento que o conselheiro tentar se livrar de cheques no valor de aproximadamente R$ 500 mil.

Pois bem, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, acaba de converter a prisão preventiva de Teis em domiciliar.

Em sua decisão, Toffoli acatou os argumentos da defesa, que apontou idade avançada (66 anos) do conselheiro e uma série de comorbidades.

Estranhamente, o fato de Waldir Teis ter descido 16 lances de escadas como um exímio “atleta” não foi levado em conta por Toffoli.

Afinal, quais são as tais comorbidades do conselheiro? O vídeo da prisão mostra um cidadão esnobando boa saúde…

Waldir Teis é investigado na Operação Ararath, que apura crimes de corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa por conselheiros do TCE-MT.

Jornal das cidades

Compartilhar: