Todos os dias temos a opção de mudar nossa vida, mudar de rumo,
Ir para a lua ou para saturno,
Acreditar na realidade ou no absurdo;
Andar de frente ou de ré,
Tomar água ou café,
Descer o rio ou remar contra a maré,
Cair ou ficar de pé,
Ser malandro ou mané,
Desacreditar ou botar fé,
Fugir, fingir ou ver qual é!
Ser pedra, papel ou tesoura,
Chorar, reclamar ou sorrir a toa,
Ser você mesmo ou se fingir de outra pessoa,
Discutir ou ficar de boa;
Reclamar da vida ou botar a cara à tapa,
De cara limpa ou de ressaca,
Ir para Londres ou sumir do mapa,
Ser o papagaio ou o pirata,
O leite ou a nata,
O boi ou a vaca;
Você pode ser o palhaço ou a platéia,
Ter vômito ou diarréia,
Ser Wando ou Wanderléia;
Ser valente ou ficar com cara de otário,
Edredom ou colcha de retalhos,
Corvo ou espantalho,
Rei, rainha ou carta fora do baralho,
Ficar irrustido ou sair do armário,
Ser Bebeto ou Romário;
Ser o cisne ou o patinho feio,
Acelerar ou pisar no freio,
Lateral, tiro de meta ou escanteio,
O cocô do cavalo ou o ovo do coelho;
Pode ficar no anonimato ou dizer a que veio;
Você pode matar ou morrer,
Jogar para ganhar ou perder,
Ser honesto ou se corromper,
Atacar ou defender;
Pode ser a princesa ou a bruxa do mal,
Reveillon ou natal,
O antídoto ou o veneno letal,
Quarta de cinzas ou um eterno Carnaval,
Rita Cadilac ou Sidney Magal,
Reticências ou etc e tal,
Leôncio ou pica pau;
Curtir o dia ou uma lombra,
Ser sol ou ser sombra,
Acreditar que a Terra é quadrada ou redonda;
Você pode ser drama, comédia ou aventura,
Ódio, paz, amor ou ternura;
Pode ser o filme do cinema ou uma sessão da tarde,
O remédio que cura ou o que arde;
Pode ser dama ou vagabundo,
Cazuza, Raul Seixas, Cássia Éller ou Raimundos,
Estar presente, lunático ou de outro mundo,
Raso, profano ou profundo,
Roça ou latifúndio;
Mendigo, milionário ou presidente,
Católico, evangélico ou crente,
Saudável ou doente,
Triste ou sorridente,
Banguela ou cheio de dentes,
Minhoca ou serpente;
Você só não pode deixar de acreditar,
Não pode vacilar,
Papai do Céu te criou para amar,
Então abra os olhos e volte a sonhar,
Encare os desafios, as ondas do mar,
O milagre existe para aquele que não deixa se abalar!

Claudio Oliveira.