https://picasion.com/

A orientação do presidente ocorreu após um dos apoiadores dizer que era preciso acabar com esses “caras de preto batendo na gente”

Luciana Lima

Em conversa com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro pediu para as pessoas não participarem de manifestações no próximo domingo, visto que houve protestos contrários a ele, nas ruas no último final de semana.

“Deixa eles sozinhos no domingo”, disse Bolsonaro.

A orientação do presidente ocorreu após um dos apoiadores dizer que era preciso acabar com esses “caras de preto batendo na gente”. Ele se referiu ao enfrentamento formado pelas torcidas organizadas em algumas capitais do país no último final de semana, que causou confrontos com a polícia em São Paulo e Rio de Janeiro.

Em seguida, após passar a orientação, disse: “Eu não coordeno nada, não sou dono de de grupo”, disse o presidente.

“Eu vou pedir a vocês para me apoiarem. Façam um movimento limpo, perfeito, pela lei e pela ordem. Não conheço praticamente ninguém desses grupos. Eu acho que, já que eles marcaram para domingo, deixa eles domingo lá”, disse Bolsonaro.

O presidente procurou falar com os apoiadores na parte de dentro dos jardins do Alvorada, longe dos poucos veículos de imprensa que ainda cobrem a portaria da residência oficial. No entanto, transmitiu a conversas em suas redes sociais.

Bolsonaro justificou a mudança de lugar para entrevista dizendo que a imprensa não poderá mais acusá-lo de agressão. “A imprensa não vai poder mais dizer que eu estou agredindo ela”, disse aos apoiadores.

Atrito entre A policia e manifestantes contra o presidente Jair Bolsonaro, na tarde deste domingo (31), na avenida Paulista, no bairro da Bela Vista, em São Paulo (SP). A tropa de choque chegou a disparar bombas de efeito moral para dispersar manifestantes, que revidaram com pedras e rojões.