O presidente Jair Bolsonaro não vai entregar o celular, caso seja essa a determinação do ministro Celso de Mello.

Em entrevista nesta noite para a Rádio Jovem Pan, Bolsonaro foi extremamente categórico:

“Imagina um telefone, eu entrego ele, vai para o senhor Celso de Mello e ele resolve divulgar ligações com chefes de Estado, autoridades daqui ou trocas de ‘zap’? Não tem cabimento. Ele divulgou 99% da fita [da reunião ministerial]. É uma aberração, um ultraje, uma irresponsabilidade alguém querer ter acesso ao telefone funcional meu.”

Jornal da Cidade Online

Compartilhar: