A população tem reclamado do aumento abusivo dos preços de materiais de higiene, como máscaras, luvas cirúrgicas e álcool em gel 

Nesta terça-feira (5), foi aprovado o projeto de Lei 1.152/2020, de autoria do vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicano-DF), que estabelece um preço máximo dos Equipamentos de Proteção Individual, como máscaras, luvas cirúrgicas e álcool em gel, na prevenção da população ao coronavírus. O tabelamento de preço deverá obedecer aos preços praticados no Decreto 40.539/2020. 

Delmasso afirmou que a população tem reclamado do aumento abusivo dos preços de materiais de higiene, como máscaras, luvas cirúrgicas e álcool em gel. “Muitos fabricantes de produtos médico hospitalares estão se aproveitando desta situação para aumentar abusivamente os preços. Precisamos garantir que todos tenham acesso aos itens necessários para prevenção ao coronavírus”, disse.

Como denunciar?

 O Procon-DF orienta que os consumidores registrem as informações por canais de atendimento na tentativa de evitar aglomerações nos postos presenciais. O registro pode ser feito pelo número 151 ou 3218-7718 (de segunda a sexta-feira) ou pelo e-mail: 151@procon.df.gov.br