https://picasion.com/

A Procuradoria Geral da República solicitou a abertura de um inquérito sobre Wilson Witzel no Superior Tribunal de Justiça.De acordo com O Globo, a suspeita é de que um aliado teria nomeado funcionários fantasmas no governo do Rio para desviar recursos públicos.O aliado, segundo o jornal, trata-se do advogado Valter Alencar, candidato derrotado ao governo do Piauí em 2018 e nomeado assessor especial do governador do Rio no início de 2019.O pedido de investigação foi enviado na semana passada à corte especial do STJ, onde tramitará sob sigilo.Em resposta a assessoria de Witzel assegurou que ele “está à disposição para contribuir com qualquer investigação”.Fonte: Conexão Política