Manifestantes participam de carreata em Brasíli, neste domingo (19), com presença do presidente Jair Bolsonaro, em cima da caçamba de uma camionete.

Desde de manhã uma mobilização de apoio ao presidente Jair Bolsonaro continua a acontecer até o momento. Manifestação não só pedia o fim do isolamento, mas também intervenção militar e o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

A carreata percorreu a Esplanada dos Ministérios, até as proximidades do Congresso Nacional.

Bolsonaro tem defendido o relaxamento de restrições e de medidas de isolamento social impostas por governadores e prefeitos para combater a pandemia do novo coronavírus.

Mais cedo, Bolsonaro se reuniu com seus filhos no chamado QG

Essas ações seguem orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e visam evitar aglomerações de pessoas para reduzir a velocidade da transmissão da covid-19 no país e garantir que a rede de saúde tenha condições de tratar os doentes.

Niterói tem carreata pela volta ao trabalho

Em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, também houve carreata, na manhã deste domingo (19) pedindo a volta ao trabalho.

Os carros percorreram diversas ruas da cidade com buzinas acionadas. Alguns motoristas exibiam bandeiras do Brasil e motociclistas usavam roupas com as cores verde e amarelo.

Ao passar pela Avenida Roberto da Silveira, em Icaraí, um dos principais bairros da Zona Sul da cidade, a carreata foi confrontada por um panelaço promovido por moradores que, das janelas dos apartamentos, se manifestaram em favor da manutenção do isolamento.