Por: Genésio Vicente – Administrador

As relações humanas estão vivendo um novo tempo de mudança. Percebemos que o que era normal, precisa ser revisto no contato interpessoal, pelo menos até que o novo Coronavírus – vulgo COVID19, seja controlado ou erradicado através de uma eficiente campanha de vacinação, isto posto somente quando a vacina for confiável e o tratamento estiver à disposição da humanidade. Uma coisa é certa, estamos vivendo a anormalidade e como pássaros engaiolados percebemos o quão nefasto é para o corpo e para a mente o isolamento social. Diferente dos dois últimos meses, hoje nos encontramos numa realidade de acordar e enfrentar o dia sob uma nova dinâmica de trabalho. Uma grande parcela da classe trabalhadora passou, de maneira obrigatória, a enfrentar o home office e não fomos preparados para esta condição de teletrabalho. Precisamos nos adaptar rapidamente.

O que é impressionante é verificar que muitos negócios são obrigados a se reinventarem e partir para venda online e direta com o consumidor final. Isto requer esforço e trabalho de equipe para agir rapidamente em diferentes áreas e superar a escassez de mão de obra (pela falta ao trabalho), transpor as barreiras da logística de distribuição de produtos, adaptar seu fluxo e seus sistemas de comunicação e informática. Alguns especialistas de mercado, dizem que empresas que se reinventaram já estão com performance de resultado melhor e que o teletrabalho reduz seus custos! Na minha opinião, é muito cedo para se tirar conclusões sobre resultados, mas certamente alguns gestores de negócio irão rever a forma de suas equipes trabalharem, assim como profissionais liberais e colaboradores de empresas. Este momento exige um bom exercício de disciplina, alto grau de responsabilidade com o seu trabalho ou seu negócio, automotivação e determinação.

Após passada a tormenta, acredito que as empresas que colherem bons resultados com teletrabalho, irão capacitar melhor seus colaboradores para esta nova realidade e introduzir no cotidiano de sua estrutura. Quem não se adaptar às plataformas digitais corre o risco de ser segregado do mercado. Estamos diante de uma nova dinâmica de trabalho. E você, está visualizando isto? Está preparado? Pense nisto!

Autor: Genésio Vicente

Timbó/SC

Fone 47.3382.2565 e 61.981301459

e-mail: sinergia@tpa.com.br