DF Legal registrou mais de 400 ocorrências, principalmente de uma mistura de alto teor alcoólico, feita de vodca e essência de frutas

AGÊNCIA BRASÍLIA *

O maior número de apreensões foi de uma bebida composta por essência de frutas e alto teor alcoólico | Fotos: Divulgação / DF Legal

No quarto dia de folia carnavalesca, a Secretaria DF Legal registrou recorde em apreensão de bebidas – a venda de destilados durante a festa púbica é proibida.
Foram 416 apreensões, principalmente de uma mistura popular feita de vodca e essências de frutas, com alto teor alcoólico, que tem sido “moda” entre os jovens.
Foram fiscalizados os blocos Carnaval da Diversidade, CarnaPati, Setor Carnavalesco Sul, Carnaval Praça dos

prazeres 2020 e Baratona 2020. Neste último foi registrada a maior parte das apreensões

Todos a postos

A Secretaria DF Legal destacou 62 auditores e 40 inspetores para atuar no Carnaval 2020. Distribuídos em 11 equipes, os funcionários entram em campo às 7h. O trabalho compreende a organização dos espaços ocupados, a fiscalização das licenças e do início e término dos eventos e, ainda, a orientação sobre a correta destinação dos resíduos sólidos.

Compartilhar: